sábado, 2 de fevereiro de 2019

Tempestades

QUEM É ESTE HOMEM, QUE ESTÁ PREPARADO PARA DORMIR ENQUANTO OS VENTOS UIVAM?

 

Um homem construiu uma aldeia perto de uma cidade onde as tempestades eram frequentes.
Antes de iniciar a construção procurou trabalhadores qualificados. Ele não iniciou as obras sem dar alguns cursos de prevenção de catástrofes pensando ele que já conhecia tudo sobre esse assunto.

Também queria investir na agricultura pois ali as tempestades destruíam as plantações causando muitos prejuízos e os habitantes daquela cidade precisavam de comprar os alimentos vindos do exterior.
   
Ele sabia que era difícil a sua tarefa de contratar trabalhadores destemidos, pois, em tal ambiente, não havia muitos assalariados dispostos a trabalhar.

Então ele resolveu colocar anúncios nas cidades vizinhas. Não sem aviso prévio do ambiente inóspito daquele lugar.

Um primeiro homem que estava disposto a trabalhar, era franzino e acanhado para dialogar. Mas ele disse:

Contrate-me até surgir a primeira tempestade, se nesse dia concluir que pode confiar em mim então faremos um contrato definitivo!
O empregador perguntou:
Então qual é a sua melhor qualidade diante de uma tempestade?
O homem respondeu com apenas esta frase:
- “Senhor, acredite que posso dormir enquanto os ventos uivam!”
 O empregador pensou: Este mais me parece mandrião que corajoso! Mas como há tanta falta de trabalhadores, mesmo assim vou contratá-lo.

Ele o observava e cada dia parecia trabalhar mais que qualquer outro homem forte. No dia em que se abateu sobre a região uma dessas ameaçadoras tempestades o empregador correu à quinta onde o homem trabalhava para tomar medidas de emergência.
Foi encontrá-lo na cama dormindo profundamente.
Só depois de muito o abanar ele despertou.
Então o empregado ainda na cama respondeu:
“Senhor pode ir verificar a quinta e compreenderá a razão de eu estar a dormir enquanto os ventos uivam!”

O dono correu para fora pensando consigo mesmo que era tempo de despedir aquele doido, já que teria que ir sozinho tomar as providências necessárias para recolher os animais e as raçoes e trancar as portas.
  
Mas qual foi o seu espanto quando verificou que os montes de feno estavam cobertos com lonas devidamente fixadas no solo, as vacas e ovelhas nos seus currais todas em cima de estrados, as portas devidamente trancadas, as galinhas nas capoeiras empoleiradas em troncos, as máquinas agrícolas nas garagens e ainda verificou que ele tinha um cofre bem fechado, dentro de um garrafão de plástico e pendurado num dos pilares mais altos da sua casa.
Assim compreendeu a razão pela qual aquele frágil homem podia dormir enquanto os ventos uivavam.

Quem se acautela sabendo o dia em que o mal vai surgir, está impávido e sereno pois sabe que os prejuízos serão menores. Não chamará o sofrimento nem acrescentará mais trabalhos, para si e para os outros.
 

Sabesmos que a vida à nossa frente não é um mar de rosas!
Mas precisamos saber também que é possivel cultivar rosas
e lhes retirar os espinhos.


Se ficamos isolados numa frágil cabana, a tempestade 

torna-se mais tenebrosa.


© luz Compasso ORCID

Este blog foi criado para fazer um apanhado dos meus escritos e todos os blogs na Internet 





Os que acho mais importantes é simplificar num só lugar todos os meus escritos do ano até ao afinal no 2018 
de tudo o que tenho escrito na WEB 


                                                                  
  © luz Compasso

                             ORCID 0000.0002.1828.1256. 


Open Researchers and Contributors Identification




LIVROS EM ESCRITA

Aqui descrevo os livros oraculares que estou escrevendo 
e outros que não são oráculos 


Oráculos em escrita:

1-        Enciclopédia Pampaedia :

É um dicionário de simbologia e artigos.

2-  Panaugia:

Estudos sobre métodos de diálogos com os seres divinos. 

 É escrito por especialistas de várias partes do mundo.

Aqui se descreve os métodos, é um livro com Revelações. 

Existem revelações codificadas para o consulente descodificar; e também é uma escrita já descodificada.

3-        Lírios :

Livro Internacional de Registos de Ideias Originais e Sapientes

Oráculo das ideias. 
O nome ficou assente em Janeiro de 2018 por altura da visita da Carla de São Paulo, uma brasileira que conheci na troca de casa.

                                4-  Bíblia Oracular. 
                                Bíblia Eclética Laica:

Respostas que foram dadas pela Bíblia. 
As mensagens escritas foram inspiradas com revelações feitas através de textos bíblicas. 

Textos estes tirados ao acaso depois de se ter feito uma pergunta. 

Está a ser escrito a partir da consulta à Bíblia e de respostas de textos bíblicos que foram interpretados claramente. 

A escrita destas respostas é de acordo com a experiência que o consulente está a passar, lendo o texto bíblico que lhe saiu aleatoriamente a pessoa se inspira para criar frases com algumas passagens ou palavras idênticas ao texto bíblico.  

5-        Oráculo Hermenêutico:

É como um dicionário de palavras divinas, mas não apenas isso, é um meio do consulente conseguir descodificar os símbolos. 

Torna mais compreensível o idioma dos seres divinos e a pessoa que está dedicada à escrita das mensagens pode as transmitir de modo mais preciso. 

 O oráculo é criado para ajudar o estudioso iniciante e até mesmo o sacerdote Sibilino a melhor entender as mensagens .  

6-        Oráculo Panora

São pequenos contos. 

Alguns são biografias que as pessoas nos enviaram. 
Eles servem para avisar a pessoa de algum acontecimento para que as pessoas preservem a vida das calamidades e de muitas chatices que poderiam enfrentar se não tiverem um Ser Omnisciente e amoroso como guia.

7-        Oráculo para crianças:

Árvore da Vida Já tem capa e algumas Mandalas que o Tiago começou a fazer. 

8-        Oráculo Ho'Oponopono:

Para ajudar aos bons relacionamentos.  
Oráculo dos Relacionamentos Interpessoais:

Relacionamento interpessoal é um conceito do âmbito da sociologia e psicologia que significa uma relação entre duas ou mais pessoas
Este tipo de relacionamento é marcado pelo meio onde ele está inserido, podendo ser um contexto familiar, escolar, de trabalho ou de comunidade.

É um livro oracular do perdão e dos bons relacionamentos.


9-        Oráculo Árvore da Vida Interminável:

É uma extensão do primeiro livro Árvore da Vida. Revista e acrescentada. 

10-    SOS Bússola Interminável:

                                   Revisto e aumentado.


11-    Oráculos de voz. 
Podem ser para telemóveis:

São gravações dos livros oraculares que estão a ser escritos. Mas estes são oráculos intermináveis pois tem mais do que o que está escrito nos livros


                 12-    Oráculo interminável com imagens:

É um oráculo e parecido com as cartas do tarô que tem a colaboração de varias pessoas, escritores e artistas digitais e plásticos.

                          13-    Oráculo Urim Tumim:

Ajuda o escritor. Tem duas versões em uma. 
O lado do Urim dá orientações e o lado do Tumim corrige.  

14-    Oráculo Ciclotrão:

É um oráculo que será sempre em suporte digital. 
Nunca sairá em papel porque tem uma base de dados de assuntos tão extensa como várias grandes bibliotecas. 

Ele está sempre a ser acrescentados e por isso contém matérias muitíssimo diversificadas. 

Só depois de um assunto ser selecionado é que vamos usar o oráculo Urim-Tumim para saber a opinião divina sobre o assunto que este oráculo nos deu como tema que deve ser estudado.

15-    Livro oracular Corpo e Mente:

 Deus acha muito importante os cuidados do nosso corpo.  Quando está a darmos informação de vários assuntos, mesmo que não entremos nesse campo Ele sempre quer falar sobre a alimentação.



Outros livros  em escrita:

Contêm artigos e explicações, não são livros oraculares.

1 – Divine Cities.

Este livro já tem ISBN, ele é uma extensão dos estatutos para que as pessoas possam entender melhor o que devem fazer quando estiverem nela a trabalhar ou a gerir as suas atividades.

2 – Logoteose

Livro de artigos com o desmistificar da simbologia na mensagem divina. Um método de escrita e de oratória. 

3 – Livro das Trocas

Descreve a possibilidade de se viver sem que para todo tenha que existir dinheiro.  
As Maravilhas do Ser, do dar e receber com trocas equilibradas. 
Vai ser escrito com biografias de várias pessoas escritas também em viagem.

4 – Livro Divina Revelação:

Este livro explica às pessoas como obtivemos revelações e o melhor modo de não haver enganos nas interpretações.   

Mostra experiências com mensagens vindas por símbolos.


5 – Pétalas da Minh’Alma. Externando a Esfinge.

É o meu livro autobiográfico de experiências com as mensagens divinas e outras revelações.


Quem pensará serem ficção as crónicas que aqui descrevo?

Costumo dizer que o benefício da dúvida é sagrado! Muitas vezes concluímos que a dúvida foi o nosso melhor conselheiro para nos fazer despertar para a realidade! Quem tem os pés bem assentes na Terra sabe a dor e os penosos caminhos que finalmente nos levaram a encontrar uma pequena percentagem do que julgamos ser verdadeiro.
Para mim, espiritualidade não é religião, mas ciência pura, sem dogmas. É ciência divina e é composta por pequenas provas e factos que se apresentam nos nossos caminhos sem muitas vezes os esperarmos.
Leia, e siga, não as minhas pegadas, mas as suas próprias experiências.
Também existem os que sabem de imediato reconhecer a realidade do que aqui escrevo, porque passaram por idênticas experiências. Com estes aprendemos imenso, pois sempre que nos reunimos transportamos encaixadas muitas peças deste puzzle que é a informação divina trazida por vários membros e de várias maneiras. 
                               
                                                  

  






  

  
 
  
   

sábado, 29 de dezembro de 2018

LIVRO ORACULAR DE DIÁLOGOS

Árvores do conhecimento do Bem e do Mal?

Este é o titulo do livros onde encontrará experiências verdadeiras e  meditações envolvendo pessoas que recebem mensagens dos oráculos divinos!


O livro começou a ser escritos dia 23 de novembro, porque,  tive um segundo encontro com a Sibila Shaktilaura e perto das 24 horas foi me dado uma revelação de que deveria escrever um livro oracular com biografias Sibilinas.  

Um livro de consulta aleatória, mostrando experiências e diálogos de pessoas que têm por hábito traçar os seus caminhos e fazer as suas meditações mediante uma regular consulta aos oráculos. 

Este livro, é partindo de respostas e das experiências que vão surgindo entre pessoas que dão consultas e as que vêm para pedir mais explicações sobre as consultas que fizeram aos oráculos divinos. 

Este livro oracular: 

 - Árvores do Conhecimento do Bem e do Mal, são  Crónicas e Tertúlias Sibilinas. 

Num outro artigo vou explicar com mais pormenores a razão e o significado deste nome. 

Este livro, As Árvores do Conhecimento do Bem e do Mal, irá ter um conteúdo muito vasto que dará para muitos artigos e vários workshops.

O livro terá  frases citadas nestas reuniões sibilinas. 

Vamos também começar a fazer vídeos onde se discutem questões desta natureza, ou seja, os escritos oraculares.




  



  
Depois da publicação deste livro surge um outro livro que é a bem dizer um fruto que o Livro àrvore da vida está dando.

Experiências do Consulente

é criado com pequenos contos que são experiências com as respostas do livro Oracular Árvore da Vida.

Nele iremos narrar as experiências que tivemos na hora da escrita, e no memento que o consulente fez uma consulta.

São contos que surgem da resposta com a frase e depois contemos as experiências que o consulente têm tido com a saida de cada frase deste livro orácular  Árvore da Vida.




Para a contrução deste oráculo solicitaremos a colaburação do leitor de oráculos mencionando as perguntas e as respostas que têm tido.

Quem usa oráculos pode a cada minuto relatar muitas experiencias com os dialogos oraculares. 

Embora neste livro oracular também tenha a participação dos sacedores e sacerdotizas sibilinos pretendemos que os leigos também relatem as suas experiências!


Uma personalidade Inconstante! 
Ser deprimida não é solução! 


  
Hoje recebi uma mensagem de uma pessoa a quem muito ajudei materialmente. Finalmente descobri que a minha missão não era ajudar neste ponto, mas ajudar as pessoas transmitindo as mensagens do Ser omnisciente, que tudo e todos conhece.
Esta pessoa que eu ajudava se habituou a uma vida dependente e de inércia. Eu pedi um conselho ao oráculo e a resposta para ela foi:

14122018

Porque não te ocupas de alguma atividade e não és mais criativo, e não te dispões a descobrir atividades novas e mais interessantes?
Quando não te dispões a estar ocupada e entusiasmada com trabalhos construtivos, tanto para ti como para ajudar outros, certamente que vais continuar a sentir um grande vazio no teu íntimo!  
Tem existido e continuam a existir pessoas muitos especiais na tua vida, Eu sempre tas enviei por isso as encontras no teu caminho; no entanto tu tens rejeitado a Minha ajuda por intermédio delas.
É o teu isolamento que te tem levado a essa tua situação psíquica desastrosa! Tu tens fugido das hostes divinas que tenho enviado para te proteger e o que tens buscado é o encontro com os chifres do mal.
Assim têm sido sempre as tuas decisões.
Agora estás procurando acusar quem não teve culpa pelas tuas decisões, foste tu que procuraste esses caminhos, ninguém te forçou a procura-los.
Todas as Minhas admoestações foram para ti algo sem importância. Repara como é o teu coração, vê como ele te está traindo para causar vários prejuízos ao teu próprio ser.
Repara como Eu te enviei o Paraíso, mas tu foste entrar pelo caminho de um fogo devorador que te está consumindo!
Quando escutarás as minhas palavras? Quando meditarás sobre o resultado das tuas escolhas?
Até quando, nas tuas cogitações, passarás todo o tempo acusando tudo e todos? Se o teu cérebro se enche disso e apenas isso como acharás espaço para reconheceres que precisas de fazer grandes mudanças?
Se ocupas a tua mente pensando que a culpa está nos outros, não reconhecerás os teus erros e não modificarás o teu comportamento em relação à tua vida.
Não são os outros que têm responsabilidades pela tua vida pois tu tens decidido te guiar em sentido completamente oposto, embora Eu constantemente te envie palavras com aviso, admoestações e conselhos, pois se os escutasses a tua vida seria completamente diferente do que está sendo hoje!

Estiveste a poucas horas do paraíso! No entanto deste um pulo para o inferno! Agora terás que trabalhar com muito mais esforço e coragem para conseguires sair dele! 



sábado, 25 de novembro de 2017

Segredos...

Cuidado pois tendemos em dizer o que não devemos e para nosso próprio prejuízo! 






Geração mimimi, reclamar ou colaborar?

 

Os mostrinhos aumentam quando a sua desgraça está passando pela sua mente e de boca em boca! Coitadinhas!

quarta-feira, 22 de novembro de 2017

Nós ou os outros...

Quando os fofoqueiros usam os telefones das mães dos patrões etc...para deles falar mal esse é um erro ainda mais grave!
Se acha que é assim, 
desista de o usar e
pague você para fofocar!

Você é capaz de pagar o conforto, dar alimento ou fazer prosperar quem o dilacera?
Mas tudo o que fazemos na vida tem um retorno!


                        
Não me ajudam só atrapalham..




Se atrapalha e não ajuda! Demita essa pessoa!
Se deu poder a essas pessoas então agora você tira!! 




terça-feira, 21 de novembro de 2017

Resmungar, acusar é...

Ó humano, o negativismo das tuas palavras poderá destruir tudo de bom que hoje tens, e muito mais que poderias alcançar... 


Deus conhece o que as pessoas falam, mesmo no recanto mais escondido. 
Você sabe que Ele pode revelá-lo a quem o consultar? Quem consulta oráculos sabe muito bem disso. E, quando não são os oráculos a revelar, existem muitos outros meios que nos podem dizer o que está sendo falado nas nossas costas, basta Deus querer para você chegar a saber!

Por isso cuidado com aquilo que falas, pois por mais que suponhas que a pessoa vai guardar segredo, o que não se diz é a única coisa que não se pode 
conhecer. 

Sempre me recordo do texto de Tiago 3:5 que afirma:


“A língua é um pequeno membro, e se gaba de grandes coisas. Vede quão grande bosque um tão pequeno fogo incendeia”.

As histórias que vou contar mencionam a grande verdade deste texto.
Que quem fala mal dos outros pensa que enaltece as suas próprias qualidades, mas o que acontece é o contrário!

Tive uma empregada que me enchia os ouvidos falando mal de uma jovem que eu estava a ajudar:
- Dizia que a jovem era porca, mandriona, que deixava as casas imundas, etc., etc. Embora não me agradassem essas acusações acabei por despedir essa jovem!

Depois veio um rapaz e ela estava sempre rindo da sua debilidade e dizendo que ele não fazia isto e aquilo para mostrar que ela era mais trabalhadora! Acabei por mandar embora o rapaz!

Há um provérbio também muito certo que diz:

Pelo que falas nas costas dos outros, eu um dia vou ver o que falas de mim.

E assim foi. Esta empregada, sempre que passava pela porta da vizinha do primeiro andar, conversava com ela fazendo queixas e falando assuntos do trabalho e dos patrões! Por sua vez, a vizinha ia falar com uma amiga, antiga empregada, e a antiga empregada escrevia-me mensagens falando tudo o que a atual empregada com a sua língua de fogo falava à vizinha.

Se uma pequena fagulha incendeia um grande bosque, que iremos dizer de grandes e muitas fagulhas? Ainda estou para ver!

Registo as palavras para as quais o leitor dos meus oráculos, Gil Nobre, me alertou:

- Essa pessoa pela frente se faz risonha e amiguinha, mas por de trás é totalmente diferente! Veja a resposta que o meu oráculo inglês me deu:


"There are people who are like wild, hungry dogs; they do not recognize their owners and they bite the hand of whoever feeds them."

Há pessoas que são como cães selvagens e esfomeados, não reconhecem nenhum dono e mordem a mão de quem os alimenta”.

Hoje, ao pensar nestes assuntos, o meu oráculo “Árvore da Vida Interminável” respondeu-me com um conto muito interessante, e muito adaptado à situação atual, que tem como titulo:
  

                                    A Cidade dos Resmungos


Era uma vez um lugar chamado Cidade dos Resmungos, onde todos resmungavam, resmungavam e não sabiam em que se ocupar senão em resmungar.

Os seus habitantes poderiam usufruir de todo o bem que a cidade lhes dava, mas eles aprendiam uns com os outros e por todo o lado só se ouviam resmungos!

As pessoas que tinham trabalho resmungavam porque não ganhavam mais.
As desempregadas resmungavam porque ninguém lhes dava trabalho! 
Resmungavam no verão por ser quente e nada chuvoso e no inverno porque estava frio. Como os adultos as crianças choramingavam quando chovia porque não podiam sair. Os habitantes que poderiam viver os ambientes zen em suas colinas e vales só pensavam era em queixar-se uns dos outros. Os pais queixavam-se dos filhos, as irmãs dos irmãos, os pais dos professores e os alunos dos seus colegas e de todos os demais.
Os adultos tinham um problema e apresentavam-se como as crianças reclamando que alguém deveria fazer alguma coisa, todos reclamavam dos problemas, todos comentavam que eles existiam, porém não se ocupavam a pensar nas soluções.
Um dia chegou à cidade um mascote com um cesto às costas e nele trazia muitos papelinhos cada um com uma solução diferente.

Ao observar toda aquela inquietação e grande choradeira, pôs o cesto no chão e gritou:

— Ó cidadãos deste belo lugar! Os campos estão abarrotados de trigo, os pomares carregados de frutas, as rotundas de flores, as cordilheiras estão cobertas de florestas espessas, e os vales banhados por rios profundos e suas cascatas. O destino vos trouxe a esta cidade, a natura vos deu toda esta fartura tão livremente, mas nada aprendestes nela?
Porque reclamam se residem num lugar tão abençoado? Porque não reconhecem todas as conveniências e tamanha abundância que está bem patente no vosso caminho? Porquê tanta insatisfação? Será que se acham imerecedores de coisas tão belas? Se continuam deste jeito certamente vão destruir todo o bem que vos foi concedido! 
Venham aqui para me escutar!
Neste lugar foi vos dado o caminho para a felicidade e não o reconhecereis? Deste modo estais prestes a que tudo isto seja apanhado pelo fogo e destruído pelos vossos pensamentos e línguas descontroladas!

Ora a camisa do mascote estava rasgada e puída e ao andar ele parecia cambalear! Havia remendos nas calças e buracos nos sapatos.
As pessoas o viam como se a sua vestimenta estivesse imunda; riam não acreditando que alguém como ele ousasse mostrar-lhes como ser feliz!

Enquanto riam, ele puxou uma corda comprida do cesto e a esticou entre os dois postes na praça desta cidade.
Então segurando o cesto diante de si, gritou:

— Ó povo, aqueles que estiverem insatisfeitos escrevam seus problemas num pedaço de papel e ponham dentro deste cesto!
Depois ou eu retiro ou vocês retiram um papel ao acaso e o vamos colocar na corda para todos verem como se trocam os vossos problemas por um caminho de felicidade!

Foi então que a multidão começou a se aglomerar ao seu redor. Mais ninguém hesitou diante da chance de se livrarem dos problemas.
Todo homem, mulher e criança da vila rabiscou sua queixa num pedaço de papel e jogou no cesto. Cesta esta que continha também a solução para muitos problemas.
Então o mascote pegou em cada papelinho que a pessoa tirava para si e depois de o lerem o mascote ia pendurar todos os papeis na corda.
Quando terminou, havia papelinhos tremulando em cada polegada da corda, de um extremo ao outro.
O mascote disse:
— Agora cada um de vocês deve ler nesta linha mágica a solução para cada problema.
Todos correram para tirar um papelinho ao acaso e examinar os problemas e as soluções. Cada um tinha o seu pedaço de papel para lerem e ponderaram.
E cada pessoa ia descobrindo a solução e, ao ler um problema que o outro vizinho tinha, foram reconhecendo que o seu problema tinha sido o menor.

Alguns ainda continuaram a resmungar, mas como viram os outros prosperar, envergonhados já não se sentiam bem naquela cidade.

Daí por diante, o povo daquela cidade deixou de resmungar o tempo todo.

E sempre que alguém sentia o desejo de resmungar ou reclamar, pensava no mascote e na sua corda mágica que tanto os foi valorizar, mas que ninguém o poderia tornar a ver para agradecer!



Hoje dois reformados ou desempregadinhos, (não consegui avaliar a sua idade) estavam distribuindo panfletos de um partido, (não menciono nomes para não difamar pessoas ou instituições) e enquanto esperava pelo arranjo do carro escutei o empregado do stand falar com eles na rua, dizendo que era encarregado de pessoal, mas que não tinha isso no contrato para não terem que lhe pagar mais, porque como encarregado teria que ter um ordenado superior. 

Este trabalhador da Mercedes, mais os dois ex-trabalhadores falavam mal queixando-se dos patrões. 
 - Sempre recordo o cão selvagem mordendo na mão do humano quando este lhe dá alimento. 

Acredito que os desempregados se encontrem nessa situação porque era o feed back dos seus resmungos, mas ouvir resmungos da parte de alguém que tem um emprego numa empresa estável, é chocante! Acredito que um dia ou mês qualquer, não tarde que o empregado da Mercedes desça mais baixo e tenha que pedir esmolas numa outra empresa de inferior qualidade.

   

“Resmungar é para os néscios, pois exige um esforço mínimo! Quem pensa não evita esforçar a mente para que sobre um determinado assunto comece a fazer uma análise sóbria e verdadeira. 

Porém, para os néscios conversar sobre as resoluções que as propostas lhes trariam já não se torna assim tão desejável.

Resmungar não é solucionar, mas é desocupação para uma vida inútil.”

VER A PARTE RUIM É FICAR COM A PARTE RUIM PARA NÓS!
E
RECLAMAR É ATRAIR A DOR PARA SI!


Aqui estão dois vídeos como sobremesa para o final da refeição!
Espero que o leitor não se sinta mal com tanto açúcar!


Espero que o leitor não se sinta mal com tanto açúcar! 





https://youtu.be/wp8sIvZ1HIQ